16 outubro, 2017

Imagens históricas dos 100 anos de Fátima são publicadas no blog Senza Pagare

Nenhum comentário:

O blog Senza Pagare publicou uma série de fotos históricas em comemoração pelo centenário das aparições de Nossa Senhora, em Fátima.

Na publicação feita por eles, há fotos de de uma Missa celebrada pelo Cardeal Roncalli (que posteriormente veio a se tornar Papa João XXIII), em 1956, fotos de procissões em diversas datas e várias celebrações.



Imagens do translado dos corpos dos pastorinhos Jacinta e Francisco Marto também estão no acervo deles.

Confira as imagens em Senza Pagare: Imagens históricas dos 100 anos de Fátima.


Recomendado para você
Continue lendo...

13 outubro, 2017

[VÍDEO] Professor de universidade no México agride aluno por ser católico

Nenhum comentário:
Publicado originalmente em ACI Prensa
- Professor agrediu verbalmente o aluno por ser católico | Imagem: captura de vídeo no Facebook - 

Um professor de uma universidade da Cidade do México agrediu verbalmente um de seus alunos durante a aula por ser católico, o que provocou a indignação de muitos nas redes sociais.



ADVERTÊNCIA: A linguagem dos vídeos pode ferir a sensibilidade do leitor

Em vários vídeos publicados no Facebook, é possível ver professor Javier Carlos Villarreal Aguilar insultando com palavras de grosso calibre, um aluno que estava na aula na Universidade do Valle de México (UVM).



A usuária que publicou os vídeos no Facebook pergunta: "Nas mãos de quem deixamos a educação de nossos filhos?" E depois observa que o que aconteceu com Villarreal é "um exemplo claro de que a religião ainda é uma causa de discriminação" que se faz concreta com "agressões físicas e verbais".



Ao tomar conta do ocorrido, a UVM emitiu uma declaração em 12 de outubro afirmando que "a Universidade do Valle de México teve conhecimento através de um vídeo feito por um dos alunos de bacharelado, que o professor Javier Carlos Villarreal Aguilar insultou um de seus alunos durante a aula".



"Este comportamento é totalmente inaceitável, por isso o professor não trabalha mais nessa instituição", ressalta o texto.

"Também está sendo analisada a possibilidade de estabelecer ações legais contra o professor, já que a Universidade não tolerará qualquer desrespeito a seus alunos", conclui.


Texto de ACI Prensa traduzido por Sim, sou Católico.

Recomendado para você
Continue lendo...

11 outubro, 2017

[VÍDEO] Brasileiros cantam em homenagem a Nossa Senhora Aparecida diante do Papa

Nenhum comentário:

Na Audiência Geral desta quarta-feira (11), o Papa Francisco saudou os brasileiros pelos 300 anos da imagem de Nossa Senhora Aparecida. Durante a saudação, um grupo presente na Praça São Pedro entoou o hino "Dai-nos a Bênção", em homenagem a Nossa Senhora Aparecida.


Recomendado para você
Continue lendo...

10 outubro, 2017

Sobre o Globo Repórter: Nossa fé não é crendice; nossa religião não é mero folclore

Nenhum comentário:

“A Virgem Aparecida, mostrada nesse Globo Repórter, tem muito pouco de católica e quase nada de cristã”. Neste artigo, o bispo da Diocese de Palmares, Dom Henrique Soares da Costa, faz ponderações sobre o programa Globo Repórter exibido em 6 de outubro de 2017. O texto foi postado originalmente na página do epíscopo no Facebook e nós reproduzimos aqui, no Sim sou Católico.

Ponderações sobre uma chance perdida

Texto de Dom Henrique Soares da Costa

Vi o Globo Repórter sobre Nossa Senhora Aparecida. Fiquei penalizado. Não duvido nem um pouco da boa intenção de quem o pensou e o realizou. Mas, o programa foi pobre, açucarado, apenas a expressão do que se tornou o fenômeno religioso, de modo geral, e o cristianismo, de modo particular, para o mundo atual: mundo aguado, sem verdade, sem certezas, sem Deus, o Verdadeiro. A religião, ali, parece simplesmente algo meio mágico, alavanca de autoajuda para resolver os problemas da vida. Não! Nossa fé não é crendice; nossa religião não é mero folclore!



A Virgem Aparecida, mostrada nesse Globo Repórter, tem muito pouco de católica e quase nada de cristã. Não coincide com a Virgem Maria dos cristãos, não tem muito a ver com a Toda Santa Mãe de Deus da fé católica e apostólica, venerada pelos cristãos desde os primórdios da nossa fé em Cristo.

No programa, aparece uma Virgem Maria que é uma “santa”, quase que uma entidade. Uma Maria não cristã, não cristocêntrica. Não é bem a Virgem Maria Mãe de Jesus nosso Senhor, não é a Serva do Senhor, não é a Mãe da Igreja e dos cristãos todos, não é a criatura humilde e pobre que o Senhor, por pura graça, elevou e exaltou, colocando-a a serviço do Seu Reino.

Veja também:

O próprio conceito de fé ali apresentado não é cristão: é crença, é pensamento positivo, é força de vontade. Para os cristãos, a fé é a adesão a Deus com todo o nosso ser, é um jogar-se inteiro e inteiramente nas Suas mãos benditas, como a própria Virgem Santíssima fez. Crer é suplicar, é derramar-se diante do Senhor e, depois, exclamar, com os olhos fixos no Cristo imolado e ressuscitado: “Por tudo o que fizeres de mim eu Te dou graças! Faça-se a Tua vontade sempre e em tudo, ó Senhor bendito!”.

Nossa Senhora não é uma agência de resolver problemas. Na Igreja, sua missão materna pode ser resumida no Bom Conselho que ela mesma nos dá: “Fazei tudo o que Ele vos disser!” (Jo 2,5).

O Programa, se de verdade desejava mostrar a Virgem Aparecida dos católicos, da Igreja, do Evangelho, poderia ter seguido o seguinte roteiro:

1. Recordar rapidamente onde tudo começou: em Nazaré da Galileia, na Terra Santa de dois mil anos atrás: aquela jovem prometida a José, aquela mulher aos pés da cruz, aquela discípula feita Mãe do Senhor.

2. Depois, contar o milagre de 1717: os pobres pescadores, o achamento realmente impressionante da imagem, os peixes em abundância, os primeiros milagres, a devoção que foi crescendo no coração do Povo de Deus.

3. Em seguida, teria sido indispensável mostrar o que significa Maria Virgem para a fé católica e apostólica: mulher totalmente segundo o Evangelho, discípula perfeita, Mãe do Senhor e da Igreja, Mãe de todos e de cada cristão, discípulo amado de Cristo (cf. Jo 19,24-27).

4. Depois, sim, mostrar a devoção dos brasileiros à Virgem Aparecida, mostrar alguns milagres, alguns testemunhos, algumas romarias.

5. Por fim, de modo bem sucinto, mostrar o menos importante: algo do Santuário, Casa de Deus, Casa consagrada a Deus – a Deus somente! – em honra de Nossa Senhora Aparecida.

Este seria um possível e provável roteiro de um programa que quisesse realmente homenagear a Mãe do Senhor e a fé dos brasileiros.



Que pena! Mais uma oportunidade perdida com trivialidades e superficialidades. Aparece somente a fé como pensamento positivo que serve para alavancar motivações e ajudar a superar problemas. Isto tem quase nada a ver com a fé dos cristãos, com a fé da Igreja!

Tempos ruins, estes, de superficialidades, de louvações ao politicamente correto, de dissolução da força do Evangelho em gracinhas simpáticas e açucaradas.

Ó Amigo católico, viva a sua fé em profundidade! Mergulhe em Cristo, coloque-se na escola da Virgem Maria, entregando-se ao Senhor com todo o seu ser, com todo o seu coração, com toda a sua alma!

Converta-se! Sempre; em tudo! Convertamo-nos ao Senhor!
Viva a Virgem Maria, Mãe de Deus!
Viva a Mãe Daquele que tem o Nome acima de todo nome, único no qual há a salvação!
Viva a Virgem que nos convida todos à conversão ao Cristo Senhor!
Viva a Mãe da Igreja e dos cristãos!
Viva a Virgem que louva a Deus por derrubar os soberbos, cheios de si e elevar os humildes, que no Senhor esperam e confiam!
Viva a Padroeira do Brasil!

Que ela ilumine a mina escura na qual o nosso País se encontra e funde em Cristo o pobre trem da nossa vida!


Recomendado para você
Continue lendo...

Time de futebol faz homenagem a Nossa Senhora de Nazaré em novo uniforme

Nenhum comentário:
- Imagem da Virgem de Nazaré na nova camisa do Remo - Foto: Divulgação/Topper -
O terceiro uniforme do time de futebol Clube do Remo para a temporada 2018 terá um selo com a imagem de Nossa Senhora de Nazaré, padroeira do Pará e rainha da Amazônia. O conjunto foi apresentado no dia 5 de outubro pela fornecedora do clube, a Topper.



De acordo com o Remo, “a maior manifestação de fé e cultura da Amazônia e também uma das maiores do mundo merece nossa homenagem”.

O selo com a imagem da Virgem de Nazaré ficará ao centro do peito.

De acordo com o Remo, as camisas do terceiro uniforme da temporada 2018 já estão disponíveis nas lojas oficiais do time.

Confira abaixo algumas imagens da camisa do terceiro uniforme do Clube do Remo para 2018.

Divulgação/Topper

Divulgação/Topper


Recomendado para você
Continue lendo...

26 setembro, 2017

Arcebispo acolhe pedido de abertura do processo de beatificação do Pe. Léo

Nenhum comentário:

A Comunidade Bethânia apresentou ao Arcebispo de Florianópolis, Dom Wilson Tadeu Jönck, o pedido de abertura do processo de Beatificação do Padre Léo, sacerdote que faleceu em 2007, vítima de um câncer no sistema linfático.

O encontro com o Arcebispo aconteceu no dia 22 de setembro de 2017. Na ocasião, o presidente da Comunidade Bethânia, Padre Vicente de Paula Neto, solicitou orações para o bom êxito da reunião.



De acordo com a nota oficial emitida pela Comunidade, "Dom Wilson acolheu, autorizou e incentivou o trabalho nesta direção indicando os passos seguintes".

Ainda segundo a nota, "por estes dias ainda será acordado com um 'Postulador da Causa de Beatificação', os passos para a abertura formal do processo e a continuidade do mesmo".

"Convocamos a todos para que rezem nesta intenção, podendo entrar em contato com a Comunidade Bethânia para esclarecimentos e comunicação de possíveis graças", conclui a nota.

Próximos passos do processo


O processo de beatificação inclui diversas fases, que vão desde a investigação da vida do candidato até a constatação de milagres realizados por sua intercessão.



O processo de beatificação do Padre Léo está na passou pela primeira fase, que é o pedido de abertura do mesmo. Os próximos passos são a nomeação de um postulador da causa, ou seja, um responsável pelo processo.

Após, ocorrerá a investigação da vida do Padre Léo, onde serão analisadas as provas de virtudes e fama de santidade.

Posteriormente, acontecerá a solicitação à Congregação para a Causa dos Santos do "nihil obstat" (nada consta) e ocorrerá a conceção do título de "Servo de Deus".

O processo não se encerra com o título "Servo de Deus" (que ainda não é beato) e tem tempo indeterminado para chegar ao final.

Quem foi Pe. Léo?


Léo Tarcísio Gonçalves Pereira, mais conhecido como Pe. Léo, nasceu em 9 de outubro de 1961. Nascido em família humilde no sul de Minas Gerais, no município de Delfim Moreira, no vilarejo conhecido por Biguá.

Antes de ingressar ao seminário, foi torneiro mecânico e também trabalhou em uma fábrica de armas em Itajubá - MG. Somente em 1982 entrou no Seminário Dehonista na cidade de Lavras – MG, pertencente à Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus. Fez Noviciado em Jaraguá do Sul – SC, cursou Filosofia em Brusque – SC e concluiu Teologia em Taubaté – SP, na Faculdade Dehoniana.



Pe. Léo foi ordenado Sacerdote em 1990, atuou como sacerdote na formação de novos religiosos e sacerdotes e também na área da educação. Fundou a Comunidade Bethânia em 1995, cujo carisma é o acolhimento de pessoas marginalizadas, dependentes químicos e prostituídos.

Seu carisma tornou-se amplamente conhecido no Brasil, por meio de sua grande atuação na Renovação Carismática Católica. Foi pregador de multidões, desde o seu tempo de formação presbiteral. Participou de vários outros encontros, patrocinados pela Renovação Carismática, que atraiam milhares de pessoas em grandes ginásios e estádios como Morumbi, Pacaembu, em São Paulo e em outros estados brasileiros.

Com seu jeito alegre e irreverente de ser, apaixonado pela Sagrada Escritura, utilizava-se de exemplos concretos e simples do dia a dia para chegar aos corações mais endurecidos. Utilizava linguagem simples, de fácil compreensão que prendia a atenção do ouvinte e ao mesmo tempo o convidava a uma experiência íntima com a pessoa de Jesus, não somente racional, mas de forma afetiva.

Publicou 27 livros, atuou em programas católicos de televisão na Associação do Senhor Jesus, em Valinhos – SP e, posteriormente, no Sistema de Comunicação – Canção Nova, em Cachoeira Paulista – SP, onde ganhou fama nacional e internacional.

Após 16 anos de sacerdócio, vivendo integralmente o seguimento de Cristo, Pe. Léo veio a falecer em 4 de janeiro de 2007, aos 45 anos, vítima de infecção generalizada por causa de um câncer no sistema linfático.

Padre Leó canta "Alô, meu Deus" durante a sua última pregação ...
A Comunidade Bethânia apresentou ao Arcebispo de Florianópolis, Dom Wilson Tadeu Jönck, o pedido de abertura do processo de Beatificação do Padre Léo, sacerdote que faleceu em 2007, vítima de um câncer no sistema linfático. Dom Wilson acolheu, autorizou e incentivou o trabalho nesta direção indicando os passos seguintes. https://goo.gl/WQHzgj
Publicado por Sim, sou Católico em Terça-feira, 26 de setembro de 2017



Informações da biografia obtidas no site da Comunidade Bethânia


Recomendado para você
Continue lendo...