02 maio, 2017

Você sabia que bala que atingiu João Paulo II está na coroa de Nossa Senhora de Fátima?


João Paulo II foi atingido por dois tiros na tarde de 13 de maio de 1981, no Vaticano - Foto: Vaticano -

No dia 13 de maio de 1981, por volta das 17h, o Papa João Paulo II circulava lentamente pela Praça de São Pedro saudando os fiéis que ali estavam, até que dois tiros foram disparados em sua direção.

As balas provenientes dos dois disparados atingiram João Paulo II: a primeira perfurou o cólon do Santo Padre, comprometendo vários pontos do seu intestino delgado. A segunda fraturou seu dedo indicador direito e também atingiu duas peregrinas que estavam na Praça de São Pedro.




João Paulo II foi encaminhado para o hospital Gemelli e os próprios médicos que fizeram a cirurgia duvidavam que o Papa fosse sobreviver aos ferimentos.

Entretanto, como o próprio João Paulo II afirmou posteriormente aos acontecimentos, “uma mão disparou, mas outra mão guiou a bala”.

Onde está bala que atingiu o Papa?


Quando disse que “outra mão guiou a bala”, o Papa João Paulo II estava se referindo à Virgem Maria, tendo em conta que o acidente aconteceu na data em que a Igreja celebra a festa de Nossa Senhora de Fátima.

Sabendo disso, e profundamente agradecido pelo milagre, em 13 de maio de 1982 – um ano após ser atingido pelos tiros – o Papa levou pessoalmente um das balas que o alvejou para entrega-la a Nossa Senhora de Fátima, no santuário a ela dedicado, em Portugal. O projétil foi então colocado na coroa da santa.
Imagem de Nossa Senhora de Fátima e ampliação da coroa com o projétil entregue por João Paulo II

Curiosamente, quando os especialistas foram colocar a bala na coroa da Virgem de Fátima, não sabiam onde iriam encaixá-la sem comprometer a bela arte. Mas notaram que havia um orifício bem na frente da coroa e não sabiam por que o deixaram ali.

Os especialistas colocaram a bala naquele orifício e ela se ajustou perfeitamente como se aquele lugar tivesse sido reservado já para isso. Ninguém sabe quem deixou e por que deixou aquele um espaço naquela região da coroa.

Até hoje a bala que atingiu o Papa João Paulo II, naquela tarde de 13 de maio de 1981, permanece junto de Nossa Senhora de Fátima, que, como o próprio Santo Padre afirmou, “guiou a bala”.

Recomendado para você
Compartilhe :

0 comentários:

Postar um comentário