25 março, 2013

Semana Santa: vivência espiritual intensificada


Foto: obra de arte de Ticiano Vecellio
Cristo camino del Cavalrio - Autor: Ticiano Vecellio, 1560
Após o Domingo de Ramos, a Igreja entra na Semana Santa, semana antecedente à Páscoa e que introduz os fiéis no mistério da Paixão, Morte e Ressurreição de Cristo. Em algumas regiões, é chamada de “Semana Maior”, por ser aquela que prepara para a Páscoa do Senhor e por proporcionar uma vivência espiritual muito intensa.

Há algumas atividades religiosas que são realizadas durante a Semana Santa, como algumas orações específicas, atos de piedade cristã. Todos os dias desta semana concedem ao cristão a oportunidade de mergulhar de corpo e alma no mistério da Igreja, que se realiza a partir do mistério de Cristo.




Estão listados abaixo alguns atos religiosos que acontecem durante os dias da Semana Santa.

Segunda-feira


Sucedendo o Domingo de Ramos, ela é o segundo dia da Semana Santa. A segunda-feira santa é conhecida em alguns lugares como “segunda-feira das trevas”. Nesse dia realiza-se a o ofício de trevas.

Terça-feira


Celebram-se neste dia as Sete dores de Nossa Senhora.

Quarta-feira


Quarto dia da Semana Santa no qual, em algumas igrejas, celebra-se a piedosa procissão do encontro de Nosso Senhor dos Passos e Nossa Senhora das Dores. Ainda há igrejas que neste dia celebram o Ofício das Trevas, lembrando que o mundo já está em trevas devido à proximidade da morte de Jesus.

Em seguida, vem o Tríduo Pascal: três dias em que se resume todo o mistério pascal. Também se diz que período de quinta-feira à noite até o sábado forma uma só celebração.

Quinta-feira


Na manhã deste dia, nas catedrais das dioceses, os bispos, reunidos com seu presbitério, celebram a Missa Crismal, na qual são abençoados os óleos que serão usados na administração dos sacramentos do Batismo, Crisma e Unção dos Enfermos.


À noite, acontece a celebração solene da Missa, em que se recorda a instituição da Eucaristia e do Sacerdócio ministerial. Nessa Missa realiza-se a cerimônia do lava-pés, em que o celebrante recorda o gesto de Cristo que lavou os pés dos seus apóstolos.


Sexta-feira da Paixão


É quando a Igreja recorda a morte de Jesus. Neste dia é celebrada a Solene Ação Litúrgica, Paixão e a Adoração da Cruz.


Sábado – Vigília Pascal


A Igreja permanece junto ao sepulcro, meditando no mistério da morte do Senhor e na expectativa de sua ressurreição. Durante o dia não há Missa, batizado, casamento, nenhuma celebração.

À noite, a Igreja celebra a solene Vigília Pascal, a “mãe de todas as vigílias”, revivendo a ressurreição de Cristo, sua vitória sobre o pecado e a morte. A cerimônia é carregada de ricos simbolismos que lembram a ação de Deus, a luz e a vida nova que brotam da ressurreição de Cristo.


Recomendado para você
Compartilhe :

0 comentários:

Postar um comentário