23 março, 2018

Devoções e celebrações que ocorrem durante a Semana Santa


- Cristo na cruz. Foto: Pixabay/Domínio Público -

Após o Domingo de Ramos, a Igreja entra na Semana Santa, semana antecedente à Páscoa e que introduz os fiéis no mistério da Paixão, Morte e Ressurreição de Cristo. Em algumas regiões, é chamada de “Semana Maior”, por ser aquela que prepara para a Páscoa do Senhor e por proporcionar uma vivência espiritual muito intensa.




Há algumas atividades religiosas que são realizadas durante a Semana Santa, como algumas orações específicas, atos de piedade cristã. Todos os dias desta semana concedem ao cristão a oportunidade de mergulhar de corpo e alma no mistério da Igreja, que se realiza a partir do mistério de Cristo.

Estão listados abaixo alguns atos religiosos que acontecem durante os dias da Semana Santa (algumas práticas de devoção podem ocorrer em dias diferentes, dependendo do local).

Domingo de Ramos


Marca o início da Semana Santa. A celebração recorda a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém, quando foi recebido por seus discípulos e pelo povo com palmas e ramos de oliveira.




Segunda-feira


Sucedendo o Domingo de Ramos, ela é o segundo dia da Semana Santa. A segunda-feira santa é conhecida em alguns lugares como “segunda-feira das trevas”. Nesse dia realiza-se a o ofício de trevas.

Terça-feira


Costuma-se exercitar nesse dia a prática devocional das Sete dores de Nossa Senhora, uma antiga tradição que faz memória dessas dores de Nossa Senhora e que busca difundir a devoção a Mater Dolorosa (Mãe Dolorosa).

Quarta-feira


Quarto dia da Semana Santa no qual, em algumas igrejas, celebra-se a piedosa procissão do encontro de Nosso Senhor dos Passos e Nossa Senhora das Dores. Ainda há igrejas que neste dia celebram o Ofício das Trevas, lembrando que o mundo já está em trevas devido à proximidade da morte de Jesus.




Em seguida, vem o Tríduo Pascal: três dias em que se resume todo o mistério pascal. Também se diz que período de quinta-feira à noite até o sábado forma uma só celebração.

Quinta-feira


Na manhã deste dia, nas catedrais das dioceses, os bispos, reunidos com seu presbitério, celebram a Missa Crismal, na qual são abençoados os óleos que serão usados na administração dos sacramentos do Batismo, Crisma e Unção dos Enfermos.


À noite, acontece a celebração solene da Missa, em que se recorda a instituição da Eucaristia e do Sacerdócio ministerial. Nessa Missa realiza-se a cerimônia do lava-pés, em que o celebrante recorda o gesto de Cristo que lavou os pés dos seus apóstolos.

Sexta-feira


É quando a Igreja recorda a morte de Jesus. Neste dia é celebrada a Solene Ação Litúrgica, Paixão e a Adoração da Cruz.




Sábado


A Igreja permanece junto ao sepulcro, meditando no mistério da morte do Senhor e na expectativa de sua ressurreição. Durante o dia não há Missa, batizado, casamento, nenhuma celebração.

À noite, a Igreja celebra a solene Vigília Pascal, a “mãe de todas as vigílias”, revivendo a ressurreição de Cristo, sua vitória sobre o pecado e a morte. A cerimônia é carregada de ricos simbolismos que lembram a ação de Deus, a luz e a vida nova que brotam da ressurreição de Cristo.


Recomendado para você
Compartilhe :

0 comentários:

Postar um comentário