12 fevereiro, 2016

Uma bela oração para se rezar após a Comunhão ou após a Missa



Para quem procura uma oração para rezar durante aquele momento de silêncio após a Comunhão, vamos deixar uma sugestão. Não se trata de qualquer sugestão, mas uma sublime oração que é considerada patrimônio da piedade católica ou, em outros termos, um clássico. Estamos falando da oração Anima Christi (em português, Alma de Cristo).

Não se sabe bem ao certo quem é autor desta tradicional oração. Muitos atribuem sua autoria ao Papa João XXII (1249-1334) e outros a Santo Inácio de Loyola (1491-1556) por Anima Christi ser uma das suas orações prediletas e por ela figurar no início dos seus Exercícios Espirituais.




Aproveitando que falamos do Papa João XXII, no ano de 1330, ele enriqueceu esta belíssima oração com as indulgências. Logo, o fiel que a recitar com piedade lucrará indulgência parcial.

Ainda falando um pouco mais sobre a oração, ela é sugerida no Missal Romano como ação de graças após a Missa. Esse fato ajuda a compreender quão querida e importante ela é para a Igreja Católica.


Entrando um pouco na questão litúrgica, a oração pode ser recitada individualmente e em silêncio por cada um enquanto ainda não se entoa o canto pós-comunhão. Em alguns lugares, quando o coral está presente, é possível que eles cantem esta oração em latim. Sendo assim, durante a execução, caso não saiba a letra neste idioma, contemple o canto e eleve sua alma a Deus em agradecimento pelo Sublime Sacramento recebido.

Para você que ainda não conhece, confira abaixo esta oração.

Em português


Alma de Cristo, santificai-me.
Corpo de Cristo, salvai-me.
Sangue de Cristo, inebriai-me.
Água do lado de Cristo, lavai-me.
Paixão de Cristo, confortai-me.
Ó bom Jesus, ouvi-me.
Dentro das vossas chagas, escondei-me.
Não permitais que me separe de Vós.
Do espírito maligno, defendei-me.
Na hora da minha morte, chamai-me.
E mandai-me ir para Vós,
para que vos louve com os vossos santos, por todos os séculos.
Amém.

Em latim


Anima Christi, sanctifica me.
Corpus Christi, salva me.
Sanguis Christi, inebria me.
Aqua lateris Christi, lava me.
Passio Christi, conforta me.
O bone Iesu, exaudi me.
Intra tua vulnera absconde me.
Ne permittas me separari a te.
Ab hoste maligno defende me.
In hora mortis meae voca me.
Et iube me venire ad te,
ut cum Sanctis tuis laudem te in saecula saeculorum.
Amen

Ouça também como ela é quando cantada.



Recomendado para você


Compartilhe :