07 janeiro, 2020

Clínica abortista mais antiga do Reino Unido fecha as portas



A primeira instalação abortista aberta no Reino Unido fechou as portas depois de matar crianças e prejudicar diversas mulheres durante 50 anos, é o que informa o site pró-vida, Live Action.

"Esta é uma vitória não apenas para o movimento pró-vida, mas também para as mulheres no Reino Unido, considerando a história das instalações", relata Live Action.




Originalmente o local era um centro de atendimento para idosos antes de fazer a transição para uma unidade de aborto, em 1969. Em 2012, foi o estabelecimento foi adquirido por Marie Stopes International e, apesar de ser uma das instalações de abortistas mais movimentadas do Reino Unido, agora fecha as portas permanentemente.

"Com o fechamento da clínica, é importante continuar orando por todos os pais que enfrentam decisões difíceis, para que apreciem o dom da vida de Deus", completou o site.

Recomendado para você
Compartilhe :

0 comentários:

Postar um comentário