04 janeiro, 2016

Algumas atitudes corporais durante a Santa Missa


Papa Francisco durante celebração da Missa
Foto: L'Osservatore Romano
Com certeza este deve ser um assunto que muitos já devem saber, mas nunca é demais recordar.

Os gestos e atitudes corporais ajudam a demonstrar a unidade dentro das celebrações eucarísticas e faz com que ela – conforme vai dizer a Instrução Geral do Missal Romano (IGMR), na rubrica 42 – “brilhe pela beleza e nobre simplicidade”.




Importante ressaltar que existem gestos específicos para os sacerdotes, diáconos, ministros, fiéis. Logo, não cabe ao fiel, por exemplo, tomar parte em um gesto que só e unicamente próprio do sacerdote.

Quando os estão fiéis de pé?


Os fiéis permanecem de pé do início do canto de entrada da Missa. Quando não é entoado tal canto, eles permanecem de é enquanto o sacerdote se dirige para o altar. Durante o Kyrie (ato penitencial), Gloria in excelsis até a oração coleta os fiéis ainda estão de pé.

Veja também:


Também ficam de pé durante todo o cântico do Aleluia, entoado antes do Evangelho; durante a profissão de fé e a oração universal e desde o invitatório “orai, irmãos”, antes da oração sobre as oblatas, até ao fim da Missa (a exceção aqui são os momentos como a consagração, cuja posição e gestos corporais serão citados adiante).

Quando os fiéis estão sentados?


Durante as leituras precedentes ao Evangelho e durante o salmo responsorial e enquanto acontece a homilia, os fiéis permanecem sentados. Tal posição corporal também se repete durante a preparação dos dons (ofertório) e, conforme explicita a rubrica 43 da IGMR, “se for oportuno, durante o silêncio sagrado depois da Comunhão”.

Quando não houver lugar para o fiel se sentar, deverá permanecer de pé.

Quando os fiéis estão de joelhos?


Exceto por razões de saúde e/ou falta de espaço no local, os fiéis devem estar de joelhos durante a consagração. Os que assim não puderem estar, devem fazer uma inclinação profunda enquanto o sacerdote genuflete após a consagração.


Recomendado para você
Compartilhe :

0 comentários:

Postar um comentário