07 fevereiro, 2018

Paulo VI em breve será santo: Congregação aprova milagre atribuído a ele


- Paulo VI. Foto: Wipedia (Domínio público) -

Paulo VI em breve será santo. O encontro entre bispos e cardeais da Congregação para as Causas dos Santos aprovou por unanimidade o reconhecimento de um milagre atribuído à intercessão de Giovanni Battista Montini.

A cura de uma bebê no ventre de sua mãe seria o milagre que permitiria a canonização do Beato Paulo VI.




A protagonista do milagre é Amanda, uma menina que nasceu em 25 de dezembro de 2014, apesar de uma gravidez complicada, na qual era difícil que a bebê sobrevivesse, segundo afirmavam os médicos.

Agora, faltaria apenas a aprovação do Papa Francisco e o anúncio da data da canoniação Pontífice de Bresci, que morreu em Castel Gandolfo, em agosto de quarenta anos atrás.

Veja também:


O milagre foi estudado pela Congregação para as Causas dos Santos. A cura inexplicável foi sancionada no ano passado pelo Conselho Médico do discastério e depois analisada e aprovada pelos teólogos.

A expectativa é que a canonização seja realizada em outubro deste ano, durante o Sínodo dos Bispos sobre os jovens, no Vaticano.

Paulo VI foi beatificado pelo Papa Francisco em outubro de 2014. O milagre que o levou aos altares também foi a cura de uma criança ainda no ventre de sua mãe, em 2001, nos Estados Unidos.

Entre outras coisas, o Beato Paulo VI é reconhecido como autor da encíclica Humanae Vitae, documento que teve um marco histórico na defesa da vida desde a concepção, cuja publicação completa 50 anos em 2018.

Com informações de La Stampa e ACI Digital

Recomendado para você
Compartilhe :

0 comentários:

Postar um comentário