22 dezembro, 2017

"Veni, veni, Emmanuel": hino cristão de importante significado próximo ao Natal



Durante o Tempo do Advento, especificamente de 17 a 23 de dezembro, a Liturgia das Horas apresenta nas antífonas das Vésperas (antes e depois do Magnificat) as chamadas "Antífonas do Ó". "Com elas rezamos, desejamos e adoramos o Messias tão esperado, prometido por Deus a nossos pais do Antigo Testamento", como destaca o Bispo da Diocese de Palmares, Dom Henrique Soares da Costa.




Para concluir o período tempo das Antífonas do Ó, trazemos ao blog Sim, sou Católico o hino "Veni, veni, Emmanuel". Ele é um belo resumo das dessas antífonas e cada estrofe dele apresenta um dos títulos dados ao Messias.

A seguir você pode conferir o vídeo com o hino mais abaixo. Para ver os textos completos em latim e em português para poder rezar e meditar basta rolar para além do vídeo.



Veni, veni, Emmanuel - Versão original em latim


VENI, veni, Emmanuel
captivum solve Israel,
qui gemit in exsilio,
privatus Dei Filio.

R: Gaude! Gaude! Emmanuel,
nascetur pro te Israel!

VENI, O Sapientia,
quae hic disponis omnia,
veni, viam prudentiae
ut doceas et gloriae. R.

VENI, veni, Adonai,
qui populo in Sinai
legem dedisti vertice
in maiestate gloriae. R.

VENI, O Iesse virgula,
ex hostis tuos ungula,
de specu tuos tartari
educ et antro barathri. R.

VENI, Clavis Davidica,
regna reclude caelica,
fac iter tutum superum,
et claude vias inferum. R.

VENI, veni O Oriens,
solare nos adveniens,
noctis depelle nebulas,
dirasque mortis tenebras. R.

VENI, veni, Rex Gentium,
veni, Redemptor omnium,
ut salves tuos famulos
peccati sibi conscios. R.

Veni, veni, Emmanuel - Tradução para o português


Ó vem, ó vem, Emanuel
Redime o cativo Israel
Que geme em triste exílio e dor
Privado do Filho Redentor!

R: Exulta! Exulta! Eis o Emanuel
Nascido por ti, ó Israel!

Vem, ó Sapiência
Em tua glória ao mundo vem
O teu caminho revelar
E a prudência nos ensinar.

Ó vem, ó vem sagrado Adonai!
Que em grande glória no Monte Sinai
Por entre nuvens como um rei
Nos deste, Justo, a santa Lei!

Ó vem, depressa Raiz de Jessé
E aos servos teus renova a fé;
Que possam o inferno dominar
E sobre a morte triunfar! R.

Vem, ó Chave de Davi
E abre o céu de todo o bem!
Suprema glória nos darás
E o negro Inferno fecharás! R.

Ó vem, ó vem, Oriente, iluminar
Nossa noite dissipar!
Da luz eterna esplendor,
Afasta as sombras do terror! R.

Ó vem, não tardes, Rei das Nações,
Vem Redentor dos corações!
Contigo a culpa se desfaz
E os teus servos encontram a paz! R.


Recomendado para você
Compartilhe :

0 comentários:

Postar um comentário