26 dezembro, 2017

Ativista de grupo feminista invade presépio do Vaticano e é detida por policiais


- Feminista do grupo FEMEN invade o presépio do Vaticano e policial corre para detê-la -

Durante a segunda-feira de Natal, uma ativista do grupo feminista FEMEN invadiu o presépio do Vaticano, na Praça de São Pedro, e tentou roubar a imagem do Menino Jesus.




A invasora saltou a grade de segurança, correu em direção ao presépio e chegou a pegar a imagem de Jesus, mas em seguida foi detida pela polícia do Vaticano.

Veja também:

A mulher correu em direção ao presépio gritando "Deus é mulher" e tinha a mesma frase pintada em suas costas.

O incidente ocorreu horas antes do Papa Francisco dirigir sua mensagem de Natal aos fiéis que estava presentes na Praça de São Pedro.


Não foi a primeira vez


O site do grupo feminista FENEN identificou a mulher como Alisa Vinogradova e a chamou de "sextrista". O site afirma que o objetivo do grupo, que foi fundado na Ucrânia, é "completar a vitória sobre o patriarcado".

Essa não é a primeira vez que as ativistas tentam atacar o presépio no Vaticano. Em 2014, uma ativista protestou após a benção pontifícia "Urbi et Orbi" (à cidade [de Roma]  e ao mundo), com os seios à mostra e a frase “Deus é mulher” escrita em seu corpo.

Recomendado para você
Compartilhe :

0 comentários:

Postar um comentário