31 outubro, 2016

Como conseguir indulgência plenária no dia dos fiéis defuntos?



Quem acompanha o blog Sim, sou Católico, já deve ter encontrado por aqui algumas publicações falando sobre o que são as indulgências e, podem, inclusive, já saber de ao menos 10 maneiras de lucrar indulgências parciais. Mas nesta publicação, o tema tratado será a indulgência plenária aplicada aos fiéis defuntos.



A Igreja diz que “ninguém pode lucrar indulgências a favor de outras pessoas vivas” (Manual das Indulgências, n. 3), mas é possível conseguir as mesmas para serem aplicadas às almas do purgatório.

A concessão número 13 do Enchiridion Indulgentiarum, diz que “ao fiel que visitar devotamente um cemitério e rezar, mesmo em espírito, pelos defuntos, concede-se indulgência aplicável somente às almas do purgatório”.

O trecho ainda completa afirmando que “esta indulgência será plenária, cada dia, de 1 a 8 de novembro”. Nos demais dias do ano, será indulgência parcial.


Também, “concede-se indulgência plenária, aplicável somente às almas do purgatório, aos fiéis que no dia da comemoração de todos os fiéis defuntos visitarem piedosamente uma igreja ou oratório” (concessão número 67 do Enchiridion Indulgentiarum). Na piedosa visita, se recitam a oração dominical e o símbolo dos apóstolos: Pai-nosso e Creio.

Só isso basta para conseguir estas indulgências?


Além do descrito acima, é necessário que se cumpram três condições prescritas pela Igreja: confissão sacramental, comunhão eucarística e oração nas intenções do Sumo Pontífice.


Recomendado para você


Compartilhe :

0 comentários:

Postar um comentário