27 maio, 2016

Cardeal mais idoso da Igreja falece no dia de Corpus Christi


Morreu nesta quinta-feira, 26, na Solenidade de Corpus Christi, o Cardeal Loris Capovilla. Com 100 anos, o Purpurado era o mais idoso da Igreja. Ele faleceu na cidade italiana de Bérgamo. O Cardeal tinha 76 anos de vida sacerdotal e 48 anos de episcopado e 2 de vida cardinalícia.




Por ocasião da morte do Cardeal, Papa Francisco enviou, nesta sexta-feira, 27 de maio, um telegrama onde expressou pesar pelo falecimento do "zeloso guardião e profícuo interprete".


“Penso com afeto a este caro irmão que na sua longa e fértil existência testemunhou com alegria o Evangelho e serviu docilmente a Igreja, no início na diocese de Veneza e, depois, com primoroso afeto junto ao Papa São João XXIII", disse o Papa Francisco em sua mensagem de pesar.

Com a morte do Cardeal Capovilla, o Colégio Cardinalício passa a ter 213 cardeais, dos quais 114 eleitores e 99 não-eleitores em Conclave.

Quem foi o Cardeal Capovilla?


João XXIII e seu secretário pessoal, Pe. Loris Capovilla
Foto: Archivio Felici/Farabola
Loris Francesco Capovilla nasceu em Pontelongo, na província italiana de Pádua em 14 de outubro de 1915 e 14 anos mais tarde ingressou no Seminário Patriarcal de Veneza. Sua ordenação sacerdotal aconteceu em 23 de maio de 1940.

Capovilla foi catequista em escolas de ensino médio, capelão em um Seminário e exerceu ministério como capelão em uma casa de detenção de menores. Foi ainda capelão em um hospital de doenças contagiosas e capelão militar durante a Segunda Guerra Mundial. Em 1949, foi diretor do semanário diocesano La Voce di San Marco e redador da página Avvenire d'Italia, um jornal dos bispos italianos. Capovilla teve sua habilitação como jornalista registrada em 1950.

De março de 1953 a junho 1958, foi secretário Patriarca de Veneza, o Cardeal Angelo Roncalli, que em outubro do mesmo ano seria eleito Papa João XXIII e faria do Padre Loris Capovilla Prelado Doméstico de Sua Santidade, função que exerceu até a morte deste pontífice.

Em 1967, já durante o pontificado de Paulo VI, Loris Capovilla foi ordenado Bispo e o lema episcopal escolhido foi o mesmo de João XXIII: Oboedientia et Pax (Obediência e Paz).

Dom Loris foi criado Cardeal pelo Papa Francisco no Consistório de 22 de fevereiro de 2014.


Recomendado para você


Compartilhe :

0 comentários:

Postar um comentário