14 outubro, 2015

Card. Capovilla completa 100 anos: foi secretário particular de João XXIII


(RV) O Cardeal Loris Capovilla, que foi o secretário particular de João XXIII, completa 100 anos esta quarta-feira. O mais ancião bispo e cardeal da Itália escolheu celebrar o aniversário “em silêncio e oração” em sua casa situada na localidade de “Sotto il Monte” – terra natal do Papa Roncalli –, província italiana de Bergamo, circundado somente pelos parentes mais próximos.


Aniversário com os refugiados africanos


O purpurado havia expresso o desejo, em seu aniversário centenário, de poder encontrar neste dia os refugiados acolhidos em Sotto il Monte. Desejo que foi prontamente atendido, encontrando Issa, proveniente da República de Mali, acolhido na “Comunidade Vila São Francisco de Facen di Belluno”, fundada pelo então Patriarca de Veneza, depois Papa João XXIII – Angelo Roncalli.

“Estou contente por ter vivido desse modo”, disse ao jovem africano. “Praticamente concluí a minha corrida e você a começa”, disse. “Dê a sua contribuição para a civilização do amor porque não há outra, não existe a civilização da técnica, da potência ou das armas. Para mim, os irmãos cristãos são muito queridos, sei disso, mas o são igualmente, na mesma medida, todos os homens e mulheres deste mundo. “Issa, que Deus o abençoe”, disse-lhe o ancião cardeal abraçando-o.

Em seguida, dirigindo-se a outros refugiados e imigrados, que foram visitá-lo nesta data festiva, acrescentou: “Amo o país de vocês, penso em sua mães, na juventude de vocês. Sei que têm muitas, mas sejam fiéis a Deus, e receberão também algum conforto. Somos todos irmãos.”

Nascido em Pontelongo em 1915, ficou órfão de pai aos sete anos, transferindo-se em 1929 com a mãe e a irmã para a localidade de Mestre – norte da Itália. Capovilla foi ordenado sacerdote em 1940. Angelo Roncalli o quis consigo como secretário particular quando Patriarca de Veneza, depois como Papa.

Em 1967 Capovilla foi nomeado bispo de Chieti, tornando-se depois arcebispo de Loreto. Com a renúncia em 1988, aos 73 anos, foi morar em Sotto il Monte. Passados mais de cinquenta anos da morte do Papa São João XXIII, em 12 de janeiro do ano passado recebeu, com surpresa, a nomeação cardinalícia feita pelo Papa Francisco.

Compartilhe :

0 comentários:

Postar um comentário