22 outubro, 2015

São João Paulo II e um pouco de sua história


São João Paulo II
João Paulo II, o Papa peregrino: essa é uma das forma como muitos se referem a este grande homem. Também pode ser comum ouvir as pessoas o chamando de "o Papa esportista", "o Papa da Família", "o Papa dos jovens". Saiba um pouco sobre a história deste santo.

Karol Józef Wojtyła nasceu em 1920 no lugar de Wadowice na Polônia. Ordenado sacerdote, continuou os seus estudos teológicos em Roma, depois dos quais regressou ao seu país onde exerceu diversos cargos pastorais e universitários. Foi nomeado bispo auxiliar de Cracóvia, e em 1964 Arcebispo do mesmo lugar. Tomou parte no Concílio Ecumênico Vaticano II.




Eleito Papa a 16 de Outubro de 1978, com o nome de João Paulo II, distinguiu-se pela extraordinária solicitude apostólica, em particular para com as famílias, os jovens e os doentes, o que o levou a realizar numerosas visitas pastorais a todo o mundo. Entre os muitos frutos mais significativos deixados em herança à Igreja, destaca-se o seu riquíssimo Magistério e a promulgação do Catecismo da Igreja Católica e do Código de Direito Canônico para a Igreja latina e oriental.


Tendo uma personalidade carismática, João Paulo II afirmou-se pela grande capacidade comunicativa e pelo estilo pastoral fora dos esquemas. Com grande vigor, realizou muitas viagens: foram 104 internacionais e 146 na Itália; 129 países visitados nos cinco continentes. Estes dados lhe renderam o epíteto de Papa peregrino.

Além de ter percorrido muitos países, João Paulo II também gostava de caminhar em montanhas, andar pela neve e pelos campos. No vídeo abaixo é possível ver algumas imagens raras de alguns desses momentos.



João Paulo II era apaixonado pela juventude e nunca foi distante da mesma. Em 20 de dezembro de 1985, ele instituiu a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) que acontece até os dias de hoje.

Em 30 de março de 2005, João Paulo II apareceu na janela de seu escritório no Vaticano para pronunciar bênção "Urbi et Orbi" e tranquilizar os fiéis, visto que seu estado de saúde já era extremamente debilitado e a doença de Parkinson muito avançada. Pela primeira vez o pontífice não conseguiu pronunciar a bênção e foi a última aparição pública dele.

Em 2 e abril de 2005, João Paulo II partiu para a casa do Pai. Morreu piedosamente, em Roma, na Vigília do segundo Domingo de Páscoa ou da Divina Misericórdia.

Oração a São João Paulo II


(Esta oração é aprovada pela Congregação para o culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos e pode ser utilizada na celebração memória facultativa do santo, em 22 de outubro)

Ó Deus, rico de misericórdia, que escolhestes o Santo João Paulo II para governar a Vossa Igreja como papa, concedei-nos que, instruídos pelos seus ensinamentos, possamos abrir confiadamente os nossos corações à graça salvífica de Cristo, único Redentor do homem. Ele que convosco vive e reina, na unidade do Espírito Santo, por todos os séculos dos séculos.





Compartilhe :