27 dezembro, 2018

Noite de Natal: quando a paz reinou durante Primeira Guerra Mundial



Durante a véspera do Natal de 1914, enquanto acontecia a Primeira Guerra Mundial, houve a noite de paz que ficou conhecida como Trégua de Natal, quando soldados alemães e britânicos trocaram saudações festivas e canções entre suas trincheiras.




Ao invés de troca de tiros, houve troca de cânticos. As tropas alemãs decoraram o entorno de suas trincheiras com velas e árvores de Natal. Os soldados alemães também entoaram canções natalinas e foram correspondidos pelos militares britânicos.

Houve casos em que alemães e ingleses começaram, de suas próprias trincheiras, a cantar unidos os mesmos cânticos natalinos, ainda que em suas próprias línguas e versões como escreveu o fuzileiro Graham Williams, da 1ª Brigada de Fuzileiros de Londres: "Começamos a cantar O Come, All Ye Faithful e imediatamente os alemães se uniram cantando o mesmo hino em suas palavras latinas, Adeste Fideles".



Foi um acontecimento extraordinário: duas nações inimigas entoando o mesmo cântico durante uma guerra.

Apesar de ter ocorrido este armistício, ele foi informal e não teve abrangência universal, mas foi visto como um momento simbólico de paz e de humanidade em meio a um dos eventos mais violentos da história moderna.

Recomendado para você
Compartilhe :

0 comentários:

Postar um comentário