15 fevereiro, 2018

Fontes próximas confirmam que Bento XVI não tem doença paralisante


- Bento XVI em durante visita a Portugal em 2010. Foto: The Papal Visit (CC BY-NC 2.0) -

Fontes próximas ao Papa emérito Bento XVI afirmam que é equivocada a informação transmitida pelo semanário alemão Neue Post que diz que o Pontífice sofre de uma doença paralisante.

A informação foi publicada pela revista alemã na Quarta-feira de Cinzas (14 de fevereiro de 2018), poucos dias após Bento XVI enviar uma carta ao jornal italiano Corriere della Sera afirmando que está "em peregrinação para Casa".




A revista Neue Post atribuiu as declarações sobre a suposta doença neurológica ao irmão mais velho de Bento XVI, Monsenhor Georg Ratzinger.

A repercussão e preocupação foram grandes e até o site Aleteia publicou matéria sobre o assunto - atualizada posteriormente para transmitir a informação de fontes próximas ao Papa emérito.

A agência francesa I.Media, associada de Aleteia.org, observa que não está claro se a Neue Post citou o pe. Georg de modo errôneo ou se a fonte do erro foi outra. O pe. Georg teria usado termos mal interpretados pela revista ao comentar que o irmão tem dificuldades crescentes de movimento, o que é um fato real.

De acordo com o site Aleteia, "assistentes de Bento XVI e outras pessoas de seu convívio mais próximo confirmam que 'ele realmente se move com dificuldade, mas não sofre de nenhuma doença neurológica. Aliás, ele passeia diariamente pelos jardins do Vaticano', ainda que com algumas dificuldades de movimento que nunca foram um segredo"




Em algumas ocasiões, Bento XVI já apareceu em público usando uma espécie de andador. Essas dificuldades de movimento não se devem à suposta doença neurológica, mas sim à idade do Papa emérito, que fará 91 anos no dia 16 de abril.

Vaticano falou sobre o estado de saúde de Bento XVI


No dia 8 de fevereiro de 2018, em breve declaração aos jornalistas na Filmoteca Vaticana, o Substituto da Secretaria de Estado do Vaticano, Dom Angelo Becciu, respondeu a pergunta sobre o estado de saúde do Papa emérito Bento XVI.

"Tem um pouco de dificuldade física, mas faz suas caminhadas habituais. Mentalmente está muito lúcido", afirmou Dom Becciu.

Tendo-se em consideração que o Vaticano nunca buscou omitir as doenças de São João Paulo II, que se agravaram visivelmente nos últimos meses de sua vida, não há motivos para crer que ocorreria uma espécie de "acobertamento" sobre o estado de saúde do Papa emérito Bento XVI.

Oremos pelo Papa emérito Bento XVI.

Com informações de Aleteia.

Recomendado para você
Compartilhe :

0 comentários:

Postar um comentário