15 agosto, 2017

5 passos necessários para fazer uma boa confissão


Imagem referencial. Foto: Flickr Jhon Keogh CC-BY-NC-2.0 - 

1 - Examinar a consciência


É necessário recordar, na presença de Deus, todos os pecados cometidos - e ainda não confessados - por pensamentos, palavras, atos e omissões, contra os Mandamentos de Deus e da Igreja, e contra as obrigações do próprio estado.

2 - Ter dor por ter ofendido a Deus


Consiste num desgosto e numa sincera detestação da ofensa feita a Deus. A dor deve ser interna, sobrenatural, suma e universal. A dor dos nossos pecados é o mais importante de tudo: se faltar, a confissão é nula.



3 - Fazer o propósito de não tornar a pecar


Ter uma firme resolução de não tornar a pecar e de empregar os meios necessários para evitar o pecado.

4 - Declarar seus pecados


De coração sincero, declarar os pecados ao confessor, detalhando a espécie de pecado e o número, se são graves. A acusação deve ser humilde, sincera, prudente e breve.

5 - Cumprir a penitência


Ao fim da confissão, o penitente deve cumprir a penitência imposta pelo confessor.



Recomendado para você
Compartilhe :

0 comentários:

Postar um comentário