28 dezembro, 2018

Quantas paróquias existem no Vaticano?


- Basílica de São Pedro. Foto: Wikimedia/Creative Commons -

Sempre que se fala no Vaticano, o pensamento logo remete à Praça de São Pedro, Basílica de São Pedro e muitos acabam até achando que é lá que está a Catedral do Papa. Mas, você já se perguntou quantas paróquias existem no Vaticano, o menor país do mundo?




Vamos matar sua curiosidade logo no segundo parágrafo desta publicação! Existe apenas uma paróquia no Vaticano: Pontifícia Paróquia de Sant'Ana, cuja localização é ao lado da Porta Sant'Anna, uma das fronteiras internacionais entre o Vaticano e a Itália.

- Após o portão, a Paróquia de Sant'Ana é a primeira edificação à direita. Foto: Wikimedia/CC -

A Basílica de São Pedro faz parte da Paróquia de Sant'Ana bem como todo território do Vaticano. Por ser pequena e não tão famosa, essa igreja matriz paroquial não é muito citada, principalmente aqui no Brasil. No entanto, muitos que acessam a Praça de São Pedro pela Via di Porta Angelica, diversas vezes sem saber, param em frente à Porta Sant'Anna só por um motivo: fotografar soldados da Guarda Suíça que monitoram a fronteira - essa tendência é maior ainda nos fins de semana, dias de solenidade e dias de audiência do Romano Pontífice, ocasiões em que os guardas usam o tradicional uniforme colorido.

- Soldados da Guarda Suíça monitorando a fronteira na Porta Sant'Anna durante visita do Papa ao local -

A igreja matriz da Pontifícia Paróquia de Sant'Ana também é conhecida como Sant'Anna dei Palafrenieri, ou Igreja de Sant'Ana dos Cavalariços ou ainda Sant'Anna in Vaticano. O templo teve a construção iniciada em 1565 e foi concluído em 1775, sendo Barroco o estilo dominante.

A igreja pertenceu à Arquiconfraria dos Pontifícios Cavalariços até 1929, quando foi assinado o Tratado de Latrão, o qual constituiu o Estado da Cidade do Vaticano. Em 30 de maio de 1929, o Papa Pio XI transformou a igreja em paróquia através da Constituição Apostólica Ex Lateranensi pacto. Na ocasião, o templo foi entregue aos agostinianos e até hoje eles administram a paróquia.




Por ser uma Pontifícia Paróquia, a fachada da igreja ostenta o brasão do Papa reinante, como é possível ver na imagem abaixo registrada durante o pontificado de Bento XVI.

- Foto: Wikimedia/Creative Commons -

A Pontifícia Paróquia Sant'Ana é praticamente um dos únicos lugares público de oração dentro dos muros do Vaticano e pode ser acessada sem necessidade de licenças. Geralmente os Guardas irão lhe perguntar onde você irá: ao dizer que entrará na igreja, eles vão liberar a passagem.




O interior da igreja é realmente belo e o silêncio que há no local ajuda e, muito, a manter o clima de oração. Todos os dias as portas abrem às 5h45 da manhã para as celebrações e a recepção dos funcionários que, antes de irem trabalhar nos diversos ofícios e serviços da Cúria Romana, começam o dia com a oração. Ao longo do dia, o local se torna um ponto de recolhimento a todos (moradores e turistas) que vão ali fazer suas orações.

Se um dia for viajar à Roma, não deixe de colocar em seus planos uma visita a esta igreja no Vaticano.


Recomendado para você
Compartilhe :

0 comentários:

Postar um comentário