08 abril, 2016

Amoris Laetitia: Exortação apostólica pós-sinodal do Papa Francisco é publicada


Foi publicada na manhã desta sexta-feira, 8 de abril, a Exortação apostólica pós-sinodal Amoris Laetitia (“A Alegria do Amor”). O documento está dividido em nove capítulos e contém mais de 300 parágrafos que falam “o amor na família”. A Exortação recolhe os resultados de dois Sínodo sobre a família convocados pelo Papa Francisco em 2014 e 2015.



Os primeiros sete parágrafos da Amoris Laetitia contém a introdução do documento. Neles, o Papa Francisco evidencia a complexidade do tema tratado. "O conjunto das intervenções dos Padres, que ouvi com atenção constante, pareceu-me um precioso poliedro, formado por muitas preocupações legítimas e questões honestas e sinceras", declara o Pontífice.

Para o Papa Francisco, esta nova Exortação Apostólica se reveste de significado especial no contexto do Ano Jubilar da Misericórdia por dois motivos: 1) estimulo a apreciar os dons do matrimônio e da família e a manter um amor forte e cheio de valores como a generosidade, o compromisso, a fidelidade e a paciência; 2) encorajar todos a serem sinais de misericórdia e proximidade para a vida familiar, onde esta não se realize perfeitamente ou não se desenrole em paz e alegria.

Explicando como está estruturada a Exortação Amoris Laetitia, o Pontífice destaca que começou por uma abertura inspirada na Sagrada Escritura, para que esta desse o tom mais adequado. "A partir disso, considerarei a situação atual das famílias, para manter os pés assentes na terra", disse.

"Depois - continua o Papa - lembrarei alguns elementos essenciais da doutrina da Igreja sobre o matrimônio e a família, seguindo-se os dois capítulos centrais, dedicados ao amor".


Ainda indicando a estrutura do documento, Francisco destaca que indicou alguns caminhos pastorais para a construção de "famílias sólidas e fecundas segundo o plano de Deus". "Depois deter-me-ei sobre um convite à misericórdia e ao discernimento pastoral perante situações que não correspondem plenamente ao que o Senhor nos propõe; e, finalmente, traçarei breves linhas de espiritualidade familiar".

Reforçar a educação dos filhos


Na Exortação Apostólica Amoris Laetitia, o Papa Francisco preparou um capítulo totalmente dedicado à educação dos filhos: é o capítulo sétimo do documento.

"Uma vez que esta função educativa das famílias é tão importante e se tornou muito complexa, quero deter-me de modo especial neste ponto", afirma Francisco.

Recomendado para você
Compartilhe :

0 comentários:

Postar um comentário