23 setembro, 2015

São Pio de Pietrelcina: religioso empenhado na oração e redenção do ser humano



Nasceu no dia 25 de maio de 1887, em Pietrelcina, Itália. Era filho de Gracio Forgione e de Maria Josefa de Nunzio. No dia seguinte, foi batizado com o nome de Francisco, e mais tarde seria, de fato, um grande seguidor de São Francisco de Assis.

Aos dezesseis anos, entrou no noviciado da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos, da cidadezinha de Morcone, onde vestiu o hábito dos franciscanos e tomou o nome de frei Pio. Foi ordenado padre em 1910, no Convento de Benevento.




Padre Pio passou toda a sua vida contribuindo para a redenção do ser humano, cumprindo a missão de guiar espiritualmente os fiéis e celebrando a eucaristia. Para ele, sua atividade mais importante era, sem dúvida, a celebração da Santa Missa. Empenho-se, assiduamente, na oração. Passava o dia e grande parte da noite conversando com Deus. Ele dizia: "nos livros, procuramos Deus; na oração, encontramo-lo. A oração é a chave que abre o coração de Deus".


Em 22 de setembro de 1968, Padre Pio celebrou a sua última Missa e há vídeos desta celebração. Nas cenas, pode-se ver que o sacerdote estava bem debilitado naquela ocasião e, por um momento, quase vai ao chão e devido a fragilidade do seu corpo precisou celebra sentado.



Durante muitos anos, experimentou os sofrimentos da alma, em razão de sua enfermidade e, ao longo de vários anos, suportou com serenidade as dores das suas chagas. Faleceu na noite de 23 de setembro de 1968, aos oitenta e um anos de idade, pronunciando as palavras "Jesus, Maria" e com um rosário nas mãos.

Padre Pio foi beatificado no dia 2 de maio de 1999 pelo Papa João Paulo II e canonizado pelo mesmo Pontífice no dia 16 de junho de 2002. O corpo do santo está incorrupto e exposto em um relicário no Santuário de San Giovanni Rotondo. Milhares de fiéis peregrinam ao local.

Oração
Ó Deus, que enriquecestes São Pio de Pietrelcina com o espírito de verdade e amor para apascentar o vosso povo, concedei-nos, celebrando sua festa, seguir sempre mais o seu exemplo, sustentados por sua intercessão. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Com informações de Liturgia da Horas

Recomendado para você
Compartilhe :