14 setembro, 2015

O que Deus uniu, nem o Papa tem poder para separar


Imagem referencial
Com frequência, é possível notar que a mídia tenta manipular as pessoas acerca de alguma posição que seja favorável a determinados interesses próprios. Durante o decorrer do Sínodo dos Bispos sobre a família, trabalharam a figura do Papa Francisco como o grande reformador da Igreja Católica e como aquele que vai transformar a Santa Igreja naquilo que o mundo tanto quer: aberta aos anseios da sociedade e não à vontade de Deus.





Na ocasião, os alvos da mídia foram o "Motu Proprio" Mitis et misericors Iesus (Jesus, manso e misericordioso) e o Mitis Iudex Dominus Iesus (Senhor Jesus, manso Juiz), ambos datados de 15 de agosto de 2015, onde constam as alterações decidas pelo Papa em relação à nulidade matrimonial.


Perceberam a palavra aplicada no trecho acima? Nulidade. Agora, perceberam também como alguns veículos midiáticos manipularam a informação? Veja abaixo três manchetes que figuraram em alguns sites na internet para notar isso.


   - Papa simplifica procedimentos para anulação de casamentos
- Papa simplifica e agiliza a anulação do casamento católico
 - Papa anuncia reforma em medidas que anulam matrimônio

Viram? O termo nulidade é diferente de anulação. Anulado é algo que existiu e agora não existe mais. Nulidade é a comprovação de algo que jamais existiu.

Assista o vídeo abaixo para saber mais sobre esta manipulação e também para que seja um conteúdo formativo para você transmitir aos outros.


A IGREJA NÃO ANULA CASAMENTO! EIS AÍ UM BOM ESCLARECIMENTO!
Compartilhe :

0 comentários:

Postar um comentário