11 junho, 2013

Diocese de Petrópolis acolhe símbolos da JMJ


(Diocese de Petrópolis) Uma multidão acolheu, na tarde deste domingo, 9, os símbolos da Jornada Mundial da Juventude, a Cruz e o ícone de Nossa Senhora, na Diocese de Petrópolis. Mais de 5 mil pessoas participaram do Bote Fé em Magé, no decanato Beato José de Anchieta, no dia de seu padroeiro e aniversário da cidade, que completa 448 anos.

Os símbolos foram entregues pela Diocese de Duque de Caxias, em Santa Dalila, na BR-116, em um momento de grande emoção para os presentes. A Cruz e o ícone permanecem na Diocese de Petrópolis até o próximo domingo, 16. Nesta semana, vão passar por todas as Paróquias, além de hospitais, presídios, escolas, levando a presença de Cristo a cada um, como destaca o bispo Diocesano, Dom Gregório Paixão. “Esse momento é único. Para a juventude de nossa diocese representa bastante porque estamos recebendo esses sinais que já passaram por vários países. Esse é um momento mágico que estamos vivendo porque Cristo está em nosso meio e nos envia para que sejamos missionários. Todos os que estão aqui representam isso, é a juventude de nossa Diocese dizendo ‘Jesus, nós fizemos uma escolha e nós escolhemos você’”, declara o bispo.


Entre os primeiros jovens na Diocese de Petrópolis a terem contato mais próximo com os símbolos da JMJ estavam os seminaristas, que receberam a cruz das mãos da juventude de Duque de Caxias. Para o seminarista Wellington de Castro, esse momento foi muito significativo diante do chamado de Deus. “É muito bonito porque sabemos que somos chamados a abraçar essa cruz em nossas vidas. E hoje foi um sinal muito grande de Deus, porque abraçamos a cruz de fato. Queremos servir o povo de Deus, queremos nos doar, dar nossas vidas. Então, é uma imagem muito marcante de nossa Igreja neste momento”, afirma.

Neste momento em que faltam apenas 44 dias para a JMJ Rio2013, a chegada dos símbolos à Diocese de Petrópolis aumenta impulsiona também a preparação para a Semana Missionária, que acontecerá de 15 a 21 de julho. “Hoje está sendo um dia especial para a Diocese, porque a gente está vendo tudo acontecendo, com a chegada dos símbolos, que são sinais de vida e esperança. E intensifica também a preparação para a nossa Semana Missionária, pois isso motiva ainda mais nossas famílias. É muito bom ver a alegria no coração das pessoas”, diz o coordenador diocesano do Comitê Organizador da Semana Missionária, Padre Rogério Dias. Segundo ele, os jovens da Diocese puderam viver de forma antecipada a alegria deste momento com a peregrinação da bandeira diocesana por todas as Paróquias. Os jovens puderam assinar seus nomes na bandeira e assim, rezar pelo Papa.

Ao acompanhar junto aos jovens cada momento da chegada da Cruz e do Ícone de Nossa Senhora, o coordenador do Comitê Organizador da Semana Missionária do decanato Beato José de Anchieta, Padre Luiz Henrique Veridiano, resumiu em uma palavra a emoção vivida. “Acredito que a palavra que mais expressa nosso sentimento é alegria. A grande alegria invade os nossos corações. Ver aquela enorme carreata, esses jovens todos aqui no Bote Fé, isso é motivo de grande alegria entre nós. Só temos que agradecer a Deus e aproveitar essa semana de trabalho, mas também de muita fé, porque acolher os sinais da presença de Deus em nossas vidas é pensar nas nossas cruzes de cada dia. E, ao carregar a cruz, pesada ou não, Nossa Senhora também está conosco”, ressalta.
Compartilhe :

0 comentários:

Postar um comentário