29 maio, 2013

Igreja é família de Deus, declara Francisco


Papa Francisco iniciou na manhã desta quarta-feira, 29 de maio, uma série de catequeses que irão refletir sobre o mistério eclesial. Em sua primeira análise, ainda seguindo a linha proposta para o Ano da Fé, o Santo Padre falou da “Igreja como Família de Deus”.

A Igreja “nasce do supremo ato de amor na Cruz, do lado trespassado de Jesus, de onde jorram sangue e água, símbolo dos sacramentos da Eucaristia e do Batismo”, afirmou o Papa Francisco. O Pontífice ainda acrescentou dizendo que ela é quem “nos leva a Cristo, que nos leva a Deus”. De fato, “a Igreja é a grande família dos filhos de Deus”.


Utilizando algumas expressões contidas nos textos do Concílio Vaticano II, Papa Francisco disse que faz parte do designo divino restituir a dignidade dos seus filhos. Para o Pontífice, o plano de Deus “é fazer de todos nós uma única família de filhos, em que cada um se sinta próximo e amado por Ele, sinta o calor de ser família de Deus”.

Após explicar o significado da palavra grega ekklesia (que significa igreja), o Papa afirmou que “a Igreja nasce do desejo de Deus de chamar todo homem à comunhão com Ele, à Sua amizade e a participar como filhos de sua vida divina”. Segundo o Santo Padre, é Deus que convoca as pessoas e concede ânimo para que saiam do “individualismo” e se congregue na família cristã.

Ao concluir, Papa Francisco alertou aos presentes dizendo que “a fé é um dom e um ato que nos afeta pessoalmente, mas Deus nos chama a viver a nossa fé juntos, como família, como Igreja”. Logo após, se despediu pedindo que os cristãos vivam e levem o calor divino.

Veja o texto integral da catequese do Papa clicando aqui.
Compartilhe :

0 comentários:

Postar um comentário