24 dezembro, 2012

A quem temos dado o verdadeiro valor?



Por Jessica Brito

Estamos em uma época na qual gastar dinheiro é algo impossível de não se fazer, já que são muitas preocupações na mente da pessoa com presentes, comidas etc.

Vão chegando estas festividades de fim de ano e, muitas vezes, só nos preocupamos em como organizar a casa, quantas pessoas receberemos, qual a quantidade de comida a se comprar, quantos presentes a dar. São tantas preocupações com coisas secundárias que acabamos nos esquecendo do verdadeiro sentido da principal festa que marca o mês de dezembro.



Neste momento quero enfatizar o Natal, uma festa na qual muitas pessoas gastam realmente muito dinheiro com comida, presentes, entre outras coisas, para não passar este momento em branco.

Infelizmente, o que hoje em dia está se perdendo é o verdadeiro sentido do Natal. Muitas pessoas assemelham o Natal com a chegada do Papai Noel que irá trazer presentes para as crianças, mas isto é um pensamento errôneo, porque o sentido do Natal é bem maior que isso. O Natal marca o nascimento de Cristo, aquele mesmo que um dia morreu na cruz para remissão de nossos pecados.

O tempo de espera (advento) deve ser um período preparação de recebermos Jesus em nossos corações, para que nossa vida possa ser transformada, restaurada, dando um ardor maior para que aconteça a mudança em nós. Porém, muitas vezes somos tão fechados a isso que não permitimos que esta graça renove nossas vidas.
Quem quer nascer em nosso coração não é o Papai Noel, mas sim Jesus Cristo. Ele, sim, quer nosso bem: quer cuidar, amar, proteger cada um de nós. O verdadeiro presente de Natal não são os brinquedos, roupas, e sim o menino Jesus que vem ao nosso encontro para habitar em nossos corações.

Queiramos fazer diferente neste Natal. Vamos preparar realmente nosso coração para receber Jesus. Ao invés de excessiva preocupação com o que dar de presente para alguém, reze por alguém; ao invés de se preocupar com a quantidade de comida que é preciso ter na mesa, reflita como foi seu ano com sua família, se você deu o merecido valor a ela; procure fazer uma boa confissão; participe da Missa. Enfim, prepare-se realmente para receber o Salvador.

Que neste Natal possamos dar realmente o verdadeiro valor para quem de fato merece. Não nos esqueçamos disso.

Paz e bem!




Compartilhe :