11 junho, 2019

Jovem polonês com câncer terminal é ordenado sacerdote em cama de hospital


- Michal Los, um jovem sacerdote polonês com câncer terminal - Foto: Orioniści - Prowincja Polska/Facebook -

Em 27 de maio de 2019, o site ACI Digital noticiou que o jovem seminarista polonês Michal Los, diagnosticado com câncer terminal, foi ordenado diácono e sacerdote da Igreja Católica em uma cama de hospital graças à permissão e à dispensa concedidas pelo Papa Francisco.




O seminarista, pertencente à Congregação dos Filhos da Divina Providência, ou os Padres Orionitas, fez seus votos perpétuos na quinta-feira, 23 de maio, na sala de oncologia do hospital militar em Varsóvia (Polônia) e no dia seguinte recebeu simultaneamente os dois sacramentos da ordem das mãos do Bispo Auxiliar de Varsóvia-Praga, Dom Marek Solarczyk.

Veja também:



Outras histórias marcantes como essa


As ordenações sacerdotais já são, por si só, muito emocionantes, mas casos como os do neo-sacerdote Michal Los chegam a ser extraordinários.




Em 16 de abril de 2015, Salvatore Mellone (34), que tinha câncer e estava em estado terminal, foi ordenado diácono e sacerdote. Dois meses depois morreu.

Um caso mais antigo é o de Cesare Biognin, que tinha 19 anos no dia de sua ordenação sacerdotal. Ele também tinha câncer e, após sua ordenação dentro de um quarto de hospital, celebrou uma Santa Missa e viveu por mais 24 dias antes de partir para a casa do pai em 28 de abril de 1976.

Recomendado para você
Compartilhe :

0 comentários:

Postar um comentário